Musculação na terceira idade, pode?

Musculação na terceira idade, pode ou não pode? Faz bem ou não? Ajuda ou atrapalha? Descubra as respostas para essas perguntas e muito mais.
   

Quando se fala em saúde na terceira idade, muitas vezes o foco é a saúde mental. Embora manter a mente sã é muito importante, não basta apenas cuidarmos dela para manter um estilo de vida saudável. A saúde física também merece uma atenção redobrada. Portanto, devido ao avanço da idade, o corpo começa a ficar mais cansado e a disposição para praticar exercícios físicos tende a diminuir.

A melhor idade com músculos mais fortes

Pessoas nessa faixa etária podem ser muito beneficiadas com um programa de exercícios, como levantamento de pesos algumas vezes por semana. Por exemplo, um treino de musculação regular, em conjunto a exercícios aeróbicos, pode ter impacto profundo não só na saúde física como na saúde mental e emocional da pessoa. Além disso, pode ajudar a reduzir ou prevenir doenças e condições crônicas, entre elas: artrite, diabetes, osteoporose, obesidade, dor nas costas e depressão.

Achou interessante? Então veja essa lista que separamos de benefícios que a musculação pode trazer para você:

Ganho de força e diminuição de dores:

A musculação permite aumentar a força e resistência muscular, o que contribui diretamente para evitar quedas, muito comuns em idosos. Além de auxiliar na diminuição de dores na região da coluna, ombros e joelhos, geralmente as mais sobrecarregadas e frágeis.

Aumento da densidade óssea:

Uma rotina regular de exercícios contribui para aumento da massa óssea, evitando o surgimento da osteoporose. Isso porque fortalece os ossos e os deixa menos suscetíveis às lesões e fraturas.

Melhora a postura:

O fortalecimento muscular e o desenvolvimento da consciência corporal durante a musculação são fatores fundamentais na melhora da postura.

Melhora a autoestima:

O aumento de autoestima e autoconfiança também podem ser indicados como benefícios da musculação na terceira idade, pois uma rotina de exercícios aumenta a força e a disposição. Isso promove uma melhora considerável na autoestima do praticante.

Ajuda a prevenir doenças e melhora a saúde no geral:

Incluir a musculação na rotina pode ajudar a prevenir ou tratar doenças como a depressão, problemas no coração, desenvolvimento de diabetes e questões ligadas ao sono. Ela aumenta os níveis de serotonina (o neurotransmissor da “felicidade”) e promove uma sensação de bem-estar.

Se depois dessas dicas você está considerando a musculação como parte da sua rotina de exercícios, consulte seu médico e acrescente Extima a sua dieta. Um suplemento composto por colágeno, BCAA, vitamina D, magnésio e antioxidantes, ideal para auxiliar na manutenção da massa, força e funcionamento musculares. E não se esqueça de contar com acompanhamento profissional quando for à academia.